RE/MAX promove marca com patrocínio na Copa Truck

A RE/MAX é a nova patrocinadora do piloto paulista Witold Ramasauskas na Copa Truck 2018 no Brasil.

O evento é a segunda maior categoria do automobilismo brasileiro, composta por caminhões especialmente preparados para corrida, e deve oferecer novas oportunidades de divulgação da marca, atuante em 19 Estados no País e que vem crescendo mais que o dobro da média nacional de faturamento do setor de franquias, chegando a 16,69% em 2017, de acordo com a ABF – Associação Brasileira de Franchising. O patrocínio para esta temporada constitui um pacote de benefícios. Dentre eles, a aplicação da logo em destaque no caminhão e no macacão no piloto, com exposição durante os treinos e corridas na SporTV 3 e cobertura no programa Globo Esporte.

Além da presença confirmada da rede de franquias nos boxes e outras ações de endomarketing, o caminhão poderá ser exposto na sede RE/MAX em São Paulo e Witold participará de eventos da empresa.

“Temos na nossa cultura o apoio ao esporte em todo o mundo, inclusive já realizamos várias ações que incluíram, por exemplo, o investimento em espaços publicitários nos jogos da seleção brasileira de futebol. Nosso objetivo é gerar valor para os corretores, e, consequentemente, oferecer uma experiência de relacionamento dos clientes com a marca. Entendemos também que é fundamental incentivar o esporte.”, afirma Ernani Assis, vice-presidente executivo da RE/MAX no Brasil.

Escolha do piloto

Depois de surpreender o mundo da velocidade ao vencer a segunda bateria da Copa Truck em outubro do ano passado, no Autódromo de Tarumã (PR), Witold iniciou a temporada atual mostrando que tem potencial para lutar pela liderança ao subir no pódio em quinto lugar na etapa de Cascavel (PR).

Com 16 anos de experiência no automobilismo, ele tem 30 anos de idade e faz parte da equipe Volkswagen MAN. Foi escolhido pelo seu histórico, pois desde que iniciou no automobilismo, em 2002,

coleciona títulos, com destaque para o bicampeonato do circuito de Daytona (EUA). Com ascendência lituana, Witold vive do automobilismo por meio de patrocínios, aulas que ministra na escola de pilotagem mantida por Roberto Manzini, trabalho como coach de pilotos e participação em eventos de montadoras. Ele começou no kart, ganhou torneios com motor de quatro tempos, foi duas vezes campeão paulista de marcas e até se aventurou em quatro corridas nos Estados Unidos, na Formula & Automobile Racing Association – Fara, onde venceu a etapa de Daytona na série de turismo.

Fonte: Redação Promoview.

Vantagens e desvantagens do Corretor de Imóveis

A proliferação de serviços que ajudam pessoas comuns a realizar transações imobiliárias é impressionante e faz com que sejam questionadas as vantagens e desvantagens corretor de imóveis. Muitas pessoas ficam na dúvida sobre a real necessidade de contratar um corretor imobiliário.

Enquanto fazer o trabalho sozinho pode economizar uma quantia considerável em comissão, a dificuldade de cumprir todos os requisitos para negociar um imóvel é grande. Documentos, taxas, regras e autorizações necessárias podem se tornar um obstáculo para quem vende ou compra. Comprar ou vender um imóvel pode ser um fardo financeiro e até mesmo emocional. O corretor de imóveis atua como intermediador entre quem quer vender ou alugar e quem quer comprar ou alugar. Isso significa que ele vai ter acesso fácil a diversas propriedades, que poderão ser do interesse de quem quer negociar.

Para quem compra, vende ou aluga, o corretor atua como um facilitador que conhece as necessidades, anseios e exigências de seus clientes. Se o cliente está à procura de uma casa, o corretor vai procurar casas que atendam às exigências, entrar em contato com quem está vendendo e marcar visitas ao imóvel.

As negociações são complicadas e muitas pessoas não tem conhecimento (e nem são obrigadas a ter) sobre leis, regras e critérios, contratos e escrituras, etc. Muitas pessoas sentem que negociação direta entre as partes pode ser mais transparente e permitir às partes que consigam seus objetivos. Porém, esse cenário ideal nem sempre existe.

Por exemplo, como comprador, uma pessoa pode desgostar das cores das paredes e do estilo dos móveis embutidos da casa que está comprando. Com um corretor, é possível estimar os custos da reforma e chegar a um acordo sobre como esse valor será descontado do valor final. Um corretor pode intermediar e aplacar conflitos de interesses que acabariam com um negócio.

Vantagens e desvantagens corretor de imóveis:

Como em todas as profissões, há ótimos corretores de imóveis e não tão ótimos corretores de imóveis. Antes de contratar um corretor, é preciso fazer o dever de casa. Aplicativos on line, redes sociais e o sistema de busca do Google podem oferecer ótimas respostas para pesquisas não apenas sobre empresas e profissionais, mas sobre críticas e avaliações de usuários sobre o serviço prestado.

Fazer uma pesquisa anterior na internet pode poupar bastante tempo. Muitas dessas vantagens dependem de contratar o profissional que vá se dedicar completamente a você. Essa condição também implica em uma taxa maior de comissão e menos desconto. Um profissional experiente e especializado, que vai se dedicar de forma integral a seu negócio, merece ser valorizado. Mas é preciso por na ponta do lápis o quanto isso vai custar.

Para muitas pessoas, a solução é trabalhar com um corretor de imóveis que tem outros clientes. Isso significa que não haverá exclusividade. O que não é indicativo de má qualidade do serviço! Porém, para muitas pessoas, significa não conseguir ser atendido no horário que deseja e nem poder contar com o corretor na hora que surge uma dúvida.

É uma situação real, mas que pode ser amenizada com a boa e velha paciência. Quando uma pessoa quer vender um imóvel, é grande a chance de que ela deseje se mudar ou investir o dinheiro recebido em outro negócio. Porém, como sito acima, o tempo em que as coisas vão funcionar pode não ser exatamente o desejado.

O cliente tem seus objetivos e prioridades e contratar um corretor introduz objetivos e prioridades desse profissional na equação. É preciso já desde o começo informar o profissional sobre prazos e expectativas, para que o profissional possa informar o cliente se irá obter resultados dentro do período esperado.

A empresa está à disposição com equipe destinada a esclarecer dúvidas e oferecer o melhor atendimento sobre corretagem de imóveis e diversos outros assuntos. Visite nosso site.

Fonte: blog RE/MAX Brasil

12 dicas para decorar o quarto do bebê!

Cuidados e dicas de decoração para deixar o cantinho do seu pequeno ainda mais charmoso e seguro.
Durante a gravidez, decorar o quarto do bebê é um dos momentos mais curtidos pelos pais, principalmente se for o primeiro filho do casal. Por isso, separamos algumas dicas de decoração para o quarto de bebê, além de cuidados para a saúde e bem-estar.

1.   USE TONS NEUTROS

Atualmente, os tons neutros são tendências em decoração em quartos infantis, como o bege, cinza e amarelo. Isso tudo indica que meninos e meninas não precisam mais se prender as cores tradicionais como o azul e rosa. Também está sendo bastante utilizado, são estampas como listrados, que vai desde a roupa de cama até os papéis de parede.

Pokój dziecka w stylu kolonialnym. Aż chce się jechać na safari! #babyroom #nurserydecor #nursery #boho #bohostyle #design #print #monstera #safari

2. AJUSTE O CÔMODO PARA O BEBÊ

A maioria dos pais transforma o escritório ou o quarto de visitas no quarto do bebê quando recebem a notícia da gestação. Não tem nenhum problema nisso, mas lembre-se de que as crianças são mais suscetíveis a alergias e acidentes domésticos.
Assim, é importante verificar se o espaço precisa de reformas antes de decorá-lo para receber o recém-nascido. Uma dica útil, por exemplo, é trocar o piso por um de vinil, que não acumula pó, ao contrário de tacos e carpetes.

2.   CORTINAS LEVES

Um ambiente perfeito para o sono do seu bebê são cortinas com tecidos leves, invista nisso. Persianas são excelentes opções, pois causam menos alergias e fáceis de serem limpas, com apenas um pano úmido.  Caso prefira as de tecido, é importante lavá-las pelo menos uma vez por mês.

4. ILUMINAÇÃO NOTURNA

Durante a noite, para iluminar o quarto, luminárias focadas e abajures são ótimas opções, ajudando a criança a dormir e a tranquilizar durante a noite. Desta forma, os pais podem checar o filho com mais facilidade do que no escuro total.

Projetado por Greisse Panazzolo, este quarto traz saídas inteligentes e diversos acessórios decorativos fofos e personalizados

5. NÃO EXAGERE

O quarto do bebê tende a ser um ambiente com pouco espaço, compre apenas os móveis mais essenciais, ou seja, berço, cômoda, trocador e cadeira de amamentação. Mais do que isso pode deixar o ambiente muito cheio e até dificultar a circulação, o que pode provocar acidentes.
Bichos de pelúcia e outros objetos decorativos também devem ser minimalistas, para não acumular poeira. Para manter o ambiente sempre bem limpinho, passe aspirador de pó pelo menos uma vez por semana e lave os brinquedos com água e sabão neutro uma vez ao mês.

☼ P I N T E R E S T || @jamaicamayy ☾

6. INVISTA NA DECORAÇÃO MULTIFUNCIONAL

Uma boa dica para otimizar o espaço é móveis multifuncionais, que misturem berço com cama auxiliar ou cômoda com trocador, por exemplo. No mercado, existe uma série de opções que reúne duas, três ou até mais funcionalidades em um só móvel. O berço que pode ir aumentando de tamanho à medida que a criança cresce é uma opção que tem sido tendência no mercado.

7. TENHA CUIDADO AO ESCOLHER O COLCHÃO

Na escolha do colchão, procure um que ofereça conforto e segurança para o seu filho. O modelo ideal é aquele que não é nem muito duro nem mole demais (a densidade mais indicada é por volta de D18).
Outro ponto fundamental é que o colchão seja antialérgico e fique coberto apenas por um lençol, para evitar o risco de sufocamento.

8. PREFIRA MÓVEIS COM POUCOS DETALHES

Na hora de mobiliar o quarto, esqueça cômodas grandalhonas e cheias de detalhes. Quanto mais “clean” forem os móveis, sem saliências e quinas, mais seguros eles serão para os bebês. Outro ponto importante é buscar itens fáceis de limpar, já que as crianças tendem a sujar cada vez mais o quarto conforme vão crescendo. Na dúvida, procure móveis com o selo do Inmetro, assim você garante que foram testados e são seguros para o seu filho.

9. INSTALE NICHOS E PRATELEIRAS PARA ORGANIZAR

A organização deve ser prioridade no quarto do bebê. Utilize nichos e prateleiras para guardar livros e objetos de decoração, além de porta trecos para facilitar na hora de guardar bichinhos de pelúcia e brinquedos.
Banquinhos com fundo de baú, por exemplo, são uma ótima escolha, e podem durar até a adolescência do seu filho.

Farmhouse Nursery | Nursery decor ideas | Neutral Nursery designs | neutral rustic and coastal |

10. TAPETES só ANTIALÉRGICOS

Tapete no quarto do seu bebê pode servir como um espaço macio para ele brincar, como também acumular poeira ou até mesmo trazer risco de quedas. Para evitar possíveis pontos negativos, escolha modelos de tecido antialérgicos ou em E.V.A.
Além de mais seguro para a fase em que as crianças estão aprendendo a engatinhar, esse material é de fácil limpeza e ajuda a deixar o quarto mais colorido.

11. MÓBILES DE TECIDO

Outra dica importante para a saúde e segurança é tomar cuidado ao comprar móbiles, já que, se não forem presos corretamente, podem cair e machucar o bebê dentro do berço. Para evitar acidentes desse tipo, opte por versões leves, feitas com papel ou tecido, de preferência antialérgico.

Yasya – 45 unique products from € 14.0 on DaWanda

12. NÃO SE ESQUEÇA DOS ACESSÓRIOS DE SEGURANÇA

Por fim, mesmo que o bebê ainda esteja muito pequeno para sair colocando os dedos na tomada ou se machucar batendo portas, previna-se e compre protetores, travas e redes de segurança para suas tomadas, armários, portas e janelas. Acredite! Quando você perceber ele já vai ter crescido!
Deu para notar que a decoração do quarto de bebê não é uma tarefa tão fácil quanto parece à primeira vista, não é mesmo? A segurança e o bem-estar do seu recém-nascido devem ser as prioridades na hora de montar o cômodo. Seguindo essas dicas, não tem erro. Seu filho vai chegar já se sentindo em casa!
Fonte: VivaDecora